Escola Pantheon

Artigo
A importância do brinquedo no desenvolvimento da criança


Foi-se a época em que as brincadeiras de crianças eram vistas apenas como mero passatempo. Desde o início do século 20, quando estudos do psicólogo russo Lev Vygotsky apontaram para o avanço na capacidade cognitiva da criança ao brincar, o olhar sobre os jogos de faz-de-conta ganharam novas interpretações e assumiram importância no processo de aprendizado e socialização.

Hoje sabe-se que ao brincar e criar uma situação imaginária, a criança pode assumir diferentes papéis, indo além do seu comportamento habitual. Os benefícios da brincadeira, como conhecer o funcionamento do próprio corpo, dividir brinquedos com o próximo, criar regras e solucionar problemas, são incontestáveis. O importante é garantir que a criança tenha tempo livre para decidir como e com o quê brincar.

Dentro disso, o brinquedo assume um papel importante. Para as crianças, os objetos têm força motivadora, pois auxiliam na transposição do mundo real para um universo imaginário, permitindo que elas atuem de forma diferente em relação ao que veem. É durante o faz-de-conta que o desenvolvimento pode alcançar níveis mais complexos – isso graças a possibilidade de interação entre os pequenos dentro de uma situação que envolve a negociação de regras de convivência.

Revista Crescer

Cadastre seu e-mail e fique sempre informado

Rua Aracaju, 196 - Barra - Salvador (BA)

Tel.: (71) 3235-2727

Entre em contato conosco